Scroll Top

Concurso

Perguntas e respostas sobre o adiamento do Enem 2016

Perguntas e respostas sobre o adiamento do Enem 2016

Enem 2016 Local de Prova: Perguntas e respostas sobre o adiamento

Enem 2016 será adiado para 191,4 mil participantes. Data para esse grupo será 3 e 4 de dezembro; nova lista de locais ainda não foi divulgada.

O Enem será adiado para quais participantes?
Exclusivamente para 191.494 participantes que estavam inscritos em locais de prova que permaneceram ocupados em protestos. Isso acontecerá porque, até segunda-feira (31), as escolas, institutos e universidades seguiam ocupados por movimentos estudantis.

Quando será o Enem de quem tiver a prova adiada?
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), as provas adiadas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro.

Quando e como descobrir o novo local das provas?
O Inep ainda não divulgou quando vai informar os novos locais de prova. As informações devem ser atualizadas na página do participante (http://enem.inep.gov.br/participante/) e devem ser enviados SMS para os celulares que os candidatos cadastraram na inscrição.

Será necessária uma nova inscrição e/ou pagamento?
Não.

Como saber se minha prova será adiada?
A primeira checagem possível é conferir o nome da escola em seu cartão de inscrição. Em seguida, verifique a lista de escolas ocupadas nas quais o exame será adiado e confira se a escola na qual você deveria fazer a prova está incluída.

O Inep informou que vai enviar SMS alertando sobre o adiamento. Nesta manhã de quarta (2), alguns participantes já começaram a receber o aviso.

Haverá algum tipo de notificação para os estudantes afetados pelas ocupações?
Sim. O Inep informará sobre o ocorrido por meio de SMS, e-mail e pela Página do Participante (http://enem.inep.gov.br/participante/).

Outra forma de checagem dos dados é o aplicativo Enem 2016, desenvolvido pelo MEC, está disponível para Android, iOS e Windows Phone. Logo após a divulgação da primeira lista do local de provas, muitos estudantes relataram que o app do MEC estava mais atualizado do que a página do participante.

Além disso, é possível se informar pelo aplicativo Enem ou pelo telefone de atendimento 0800 616161.

Isso vai alterar a divulgação de notas do Enem 2016?
Não, segundo o Inep. A divulgação das notas do Enem 2016 estava prevista e foi mantida para 19 de janeiro.

Mas isso pode afetar ou, de alguma forma, me prejudicar na hora de tentar entrar em uma universidade, ou me inscrever no Sisu?
Não, segundo o Inep. A data de divulgação de notas foi mantida e o adiamento não vai interferir no cronograma das instituições que usam o Enem como processo seletivo. ” Nenhum estudante será prejudicado. Os benefícios que os resultados do Enem trazem para o aluno, como a inscrição no Sisu, Prouni e Fies estão assegurados”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho, em seu perfil no Facebook.

Não seria possível simplesmente realocar os estudantes afetados para outros pontos de provas?
O Inep afirma que não, uma vez que “vários procedimentos são necessários para a definição de local de aplicação das provas do Enem, como visita à unidade escolhida e a inspeção da estrutura física, que deve ser adequada às especificidades e necessidades dos participantes”. Segundo o órgão, “não há tempo hábil para tal medida, uma vez que o procedimento é complexo”.

Desocupações podem suspender o adiamento?
Não. Segundo o Inep, o prazo estabelecido para desocupações era até a última segunda-feira (31). Mesmo desocupados, não haverá aplicação do Enem nos locais de prova atualmente ocupados.

Novas ocupações podem afetar a prova?
Caso ocorram novas ocupações antes de 5 e 6 de novembro, esses locais também deixarão de receber a aplicação do exame. Os inscritos afetados por isso se juntarão aos outros, que farão a prova nos dias 3 e 4 de dezembro.

A prova de 5 e 6 de novembro será a mesma de dezembro?
Não. O Inep já formulou uma nova prova, com novas questões, e selecionar um novo tema para a prova de redação. Será, na prática, uma nova prova, assim como já é feito com o “Enem PPL”, para inscritos que se encontram privados de sua liberdade. Eles fazem, durante a semana, de dentro de presídios e centros de detenção, uma outra versão do Enem.

Então, por que as provas para os afetados pelo adiamento não podem ser aplicadas na mesma data que as do ‘Enem PPL’?
Porque, de acordo com o Inep, isso seria “inviável do ponto de vista da logística”, uma vez que essas provas são realizadas durante a semana e isso implicaria numa alteração do funcionamento dos locais de provas.

Haverá diferença de dificuldade entre as provas?
O MEC afirma que as provas serão equivalentes por terem o nível de dificuldade de suas questões calibrados em “eventos-teste”. Além disso, ambas as versões das provas usam a Teoria de Resposta ao Item (TRI) como metodologia de correção que confere diferentes pontuações para uma mesma questão respondida corretamente pelo candidato, com base em seu conhecimento e no padrão de suas respostas para cada questão, ao longo da prova.

(Ainda assim, é possível que você goste mais do tema escolhido para a redação da prova aplicada àqueles afetados pelo adiamento.)

A aplicação dos dias 3 e 4 de dezembro será no mesmo local que está ocupado?
Não. O inep está selecionando novos locais de provas para todos os afetados pelo adiamento.

Quando e como será feita a divulgação dos novos locais de prova?
Ainda não há confirmação dos novos locais de provas que, segundo o Inep, “serão divulgados oportunamente”. O órgão, entretanto, afirma que contatará os inscritos por SMS, e-mail, por meio de seu site e também por atualização no Cartão de Inscrição do candidato.

Fonte: Inep / g1.globo.com

Perguntas e respostas sobre o adiamento do Enem 2016
5 (100%) 12 votos

Sobre o autor | Website

Blog voluntário informativo sem vínculo com os órgãos responsáveis pelo Exame Nacional do Ensino Médio.

2 Comentários

  1. Eu acharia melhor fazer todos juntos
    Pois o enem é um exame que são feito todos os brasileiros juntos

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.