Concurso

Enem 2017: 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa

Enem 2017: 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa

O prazo para comprovar o direito da isenção está chegando ao fim. O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira estipulou que os candidatos têm que enviar os documentos comprobatórios até o dia 25 de junho.

Após muitos candidatos reclamarem que tinham direito a isenção e foi negados o Inep deu a chance a esses candidatos de comprovarem a necessidade da isenção da taxa de inscrição do Enem 2017.

Enem 2017: 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa

Enem 2017 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa

Enem 2017 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa

Os estudantes têm que enviar para o e-mail do Inep uma lista de documentos que comprovem carência. Documentos estes que serão analisados caso por caso para ver se realmente houve um engano ou não.

O Inep afirma que muitos candidatos tiveram os seus pedidos de isenção negados porque muitos se confundiram no ato da inscrição e acabou escolhendo o decreto errado. Confira agora a lista de documentos necessários para declarar carência do Enem 2017.

Os documentos comprobatórios

Quais são os documentos necessários?

a) Pela Lei 12.799, de 10 de abril de 2013

Renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio:

  • Declaração de Imposto de Renda dos exercícios de 2017;
  • Declaração fornecida pelo empregador.
  • (Não é aceito auto declaração).

Ter cursado ensino médio completo em escola rede pública ou como bolsista integral da rede privada:

  • Histórico escolar do ensino médio, assinado e carimbado pela escola.
  • Bolsistas devem anexar declaração da escola comprovando a condição de bolsistas integral em todo o ensino médio.

b) Em caso de isenção pelo Decreto 6.135, de 26 de junho de 2007.

Renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

  • Cópia do cartão ou de um documento que contém o NIS válido inscrito no CadÚnico.

Os documentos comprobatórios devem ser enviados por E-mail do Inep (isencaoenem@inep.gov.br), estes documentos devem ser enviados até ao meio dia do dia 25 de junho de 2017. O assunto do e-mail deve ser “Recurso Administrativo – Isenção da Taxa de Inscrição do Enem 2017”. O corpo do e-mail deve conter, logo no início, o nome completo, o CPF e o número de inscrição do participante; bem como o nome completo e o CPF da mãe.

A ausência de qualquer uma dessas informações inviabilizará a análise do recurso.

Ainda conforme o Inep só será analisado os pedidos que forem encaminhados ao Inep com os respectivos comprovantes da situação socioeconômica e de escolaridade dos requerentes.

O participante deverá cumprir o estabelecido no Edital nº 13 de 7 de abril de 2017, indicando a condição pela qual deseja reconsideração. A documentação deverá ser legível, em formato PDF ou JPEG.

Quem tem direito a isenção da taxa de Inscrição Enem 2017

Para saber se você tem direito a isenção da taxa de inscrição do Enem 2017, tem que analisar se você se encaixa em alguns destas três medidas estabelecidas no edital Enem 2017.

Estudantes concluintes de escolas públicas:

Estudantes que são matriculados em redes de escolas públicas e são concluintes do ensino médio, são isentos automaticamente da taxa de inscrição do Enem 2017. O aluno tem que informar o nome da escola ou o código da escola em que estuda e qual são o ano em que está matriculado. Neste caso não é necessário declarar carência e não precisa comprovar renda.

Família de baixa renda

A Lei 12.799 de 2013 prevê que candidatos com uma renda per capita de até um salário mínimo e meio e que tenham cursado em escolas públicas ou em escolas particulares com bolsa integral tem direito a pedir carência na taxa de inscrição Enem 2017.

O edital Enem 2017 informa que o candidato deve ter um documento que comprove renda na inscrição do Enem 2017. Caso a inscrição seja indeferida o candidato pode optar por gerar o GRU (Guia de Recolhimento da União). O GRU é um boleto simples que deve ser impresso e pago nas agencias do banco do Brasil até o dia 24 de maio.

Candidatos inscritos nos programas sociais

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um sistema do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) de identificação das famílias brasileiras de baixa renda, que centraliza a informação das pessoas beneficiadas por programas sociais como o Bolsa Família.

Enem 2017: 25 de junho prazo final para comprovar direito a isenção da taxa
5 (100%) 1 voto

Sobre o autor | Website

Blog voluntário informativo sem vínculo com os órgãos responsáveis pelo Exame Nacional do Ensino Médio.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.