Scroll Top

Concurso

Enem 2017: Recursos para atendimento especializado

O Enem 2017 contará com vídeo- prova traduzida na Língua Brasileira de Sinais (LIBRA). Este novo recurso do atendimento especializado foi divulgado no dia 10 de abril deste ano.

Enem 2017: Recursos para atendimento especializado

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou este recurso através do site da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) provas montadas com questões do Enem anteriores. São 60 questões e todos podem participara para conhecer o novo programa, já que é a primeira vez que o Inep apresenta este recurso aos participantes.

A vídeo- prova tem 60 questões como informado acima, com vários níveis de dificuldades. Você também pode escolher com qual caderno quer começar a responder.

As vídeos provas serão aplicadas para estudantes surdos ou que tenha alguma deficiência auditiva e opte por esta opção na hora da inscrição. A prova está neste momento em fase teste no site da UFSC, o candidato pode responder diretamente no computador.

Porém no dia da prova o candidato terá que passar a alternativa correta para o carão de resposta impresso assim como todos os outros participantes do Enem 2017.

No dia do Enem 2017 os candidatos que vão fazer a vídeo- provas irão para uma sala especial com no Maximo até 20 candidatos. Esta medida foi tomada para beneficiar os estudantes e também facilitar para os interpretes. Pois até o ano passado um interprete ficava responsável por até 5 alunos.

Nova Política Enem 2017

Será a primeira vez que uma vídeo- prova traduzida em libras será aplicada em escala nacional e oferecida individualmente. Também pela primeira vez, muitas pessoas surdas ou com deficiência auditiva poderão fazer um exame diferenciado. Por esse motivo, o Inep considera de caráter experimental a primeira aplicação do teste.

O Inep trabalha em cima de uma nova política de inclusão dos candidatos com atendimento especializado. O Inep e o MEC estão focados em desenvolver novos recursos que poderão beneficiar a todos futuramente nas provas Enem 2017.

Até a edição passada o candidato podia optar por tradutores interpretes ou leitura labial na prova do Enem. Este ano o candidato ainda tem esta opção, já que é o primeiro ano da vídeo –prova e está em fase de teste. O candidato deve escolher os atendimentos mais adequados para si no ato da inscrição tendo também que confirmar a sua necessidade por meio de laudo médico.

O candidato ainda tem o direito de uma hora adicional que também deve ser solicitada na inscrição e não mais para os instrutores de sala no dia da prova como era até a edição passada. O candidato tem até o dia 19 de maio para solicitar seu atendimento especializado.

Enem 2017: Recursos para atendimento especializado
3 (60%) 2 votos

Sobre o autor | Website

Blog voluntário informativo sem vínculo com os órgãos responsáveis pelo Exame Nacional do Ensino Médio.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.